19 de agosto de 2008

A grande descoberta

Quem ama, ama com fé
Quem ama, ama sem dor
Quem ama, ama sem medo
Quem ama tem seu valor
Quem ama, ama a vida
Não tem a vida deserta
Quem ama faz todo dia
Uma grande descoberta
O amor

Eu fiz esse poema quando tinha 14 anos

5 comentários:

Anônimo disse...

Lindo, doce e sensivel... como você.

Te Amo.

Beijos
Márcia

Quem ama cuida!!!

Pedro Figueiredo disse...

Hoje e sempre

Te amo

Bjs

PÉ DE PITANGA disse...

14 anos??? E como nunca ficamos sabendo??????
Bjs

Pedro Figueiredo disse...

Foi na época em que eu estudava no St. Úrsula. Nós fizemos um jornalzinho da escola e esse poema foi publicado. Ainda tenho o jornal. Qualquer dia eu mostro p/ vc.

Bjs

Anônimo disse...

A minha grande descoberta foi VOCÊ...

HE!HE!HE!HE!

bEIJOS

Márcia