9 de novembro de 2010

Suave brisa

 
Brisa, suave brisa
Acalenta-me com seu delicado toque
Embriaga-me com o perfume deixado no ar
Não sei de onde vem, nem para onde vai
Só sei que sinto sua presença
Tão suave qual uma nuvem de algodão
É a sua maneira de acalentar
Trazendo afago e levando alegria
A todo canto, a toda gente
Vejo a folha que por ti é conduzida
Qual mãe embalando a criança
Sua ternura é ímpar, transbordando serenidade
A todos encantando, a todos seduzindo
Brisa, suave brisa
Não posso vê-la ou tocá-la
Mas sei que está ao meu redor
Brevemente irá partir, prometendo voltar
Não sei quando, não sei onde
Mas sei que em algum lugar hei de encontrá-la

12 comentários:

Anônimo disse...

Belo!!! Doce e Angelical...

Ludmila

Anônimo disse...

Oi Pedro

Não me surpreende tanta sensibildiade por partir de você este texto.
Como disse minha filha Ludmila "B E L O "

Profa. Zezê

Anônimo disse...

Nossa Pedro essa é d+, encantada fiquei e estou....


Anônimo disse...

Gostei, acredito que muitas vezes, devemos nos apegar a alguns detalhes; pois a felicidade esta nas coisas mais simples da vida" como sentir uma brisa suave...

Célio

Anônimo disse...

Um dos principais fundamento do do ser humano é a espiritualidade, devemos nos conectar a essa energia de todos os dias estar vivos. Para aprendermos a cada dia seja com nos mesmos e com os outros que por ventura cruzam os nossos caminhos. Pedro obrigado pelas suas mensagens, você me fez sentir que tudo tem uma solução e que a melhor coisa a ser feita é sentir a suave brisa.


Antonio

Anônimo disse...

Que lindo, mais uma vez você nos presenteia com uma bela mensagem...
Ler as suas mensagens sempre nos impulsiona a viver a alegria da vida!!!!
Beijos

Márcia

Anônimo disse...

Muito bacana este texto!!! Acompanho todos os dias.


Um forte abraço pra ti.

Théo

Anônimo disse...

Perfeito!
Esse texto funciona também com DEUS.
Muitos querem vê-lo, mas sequer acreditam em sua existência... o que é uma pena!
Usam aquela velha frase "ver para crer!"
Realmente é uma pena!

Carlos

Anônimo disse...

Gostei do texto.


Clara

Anônimo disse...

Obrigada pelo estimulo.


Rafaela

Anônimo disse...

Querida Márcia (esposa) do Pedro, me perdoe mas cada dia que leio os textos do Pedro, me encanto!!! Sempre com muito carinho e respeito.

Ivete

lin disse...

Ya he visto algunos hay wedding dress with sleeves