4 de julho de 2011

Chuva de rosas

 
Bendita chuva de rosas
Caia sobre mim e renove minha vida
Encha de cor minhas esperanças
Cubra de perfume o meu caminho
Chuva de rosas que a mim abençoa
Traga o tão sonhado remanso
Faça da minha estrada o meu porto seguro
Seja a dádiva a que tantos almejam
Seja a tempestade de amor
No florido jardim que cultivo
Chuva de rosas
Banha-me com tuas gotas de alegria
Conserve a minha força e determinação
Chuva de rosas
Seja o meu guia e minha fortaleza
Que em mim brote a força e sabedoria
Trazendo a tão sonhada paz

7 comentários:

Anônimo disse...

Bendita suas palavras.

ADOREI.

Anônimo disse...

Adoro suas mensagens, nos fortalece a cada dia e aprendemos como superar os obstáculos da vida.

Marlene

Anônimo disse...

Querido amigo vitual

Que bom poder ler essas mensagnes e elevar um pouco minha alma!!!! no meio de tantas notícias ruins!!!! Espero que todos possam se sentir mais aliviados em sua rotina diária.


Carlos

Anônimo disse...

Parabéns Pedro, você tem uma enorme capacidade de dizer coisas tão simples e tão profundas.

Márcia

margoh werneck disse...

....cheguei e me surpreendi e fico.

abraço.

Anônimo disse...

Pedro

Mais uma vez a sua forma bonita, poética, abragente e clara de dizer as coisas.

Célio

Ana disse...

Amei! cheguei a sentir as rosas. Preciso de uma chuva de rosas.
Ana Maria. Jacareí. SP.