29 de setembro de 2008

A folha vai com o vento

A folha vai com o vento
E junto, meu pensamento
A qualquer canto ou lugar
Lá estou eu a pensar
Se o vento pode chegar
Aos pontos mais infinitos
Tão longe meu pensamento
Pode estar nesse momento
Sou folha ao vento que vai
Sem destino, sem parada
Só sei que o vento me leva
Ao destino que me espera
Ao caminho que me guia
À luz do meu sucesso

1 comentários:

Anônimo disse...

O seu destino já está lançado, tenha FÉ e pense que o folha so foi jogada ao vento apos cumprir sua missão. Lindo e doce o seu poema. Amanhã tudo será diferente.
TE AMO.
Márcia